Outra carta para um futuro eu! #FelizAniversário

Aperte o Play antes de ler:

Oi! Olha quem está de volta! Eu mesma.

Lembra-se da primeira carta que te escrevi há 02 anos atrás em 2014 no dia do nosso aniversário? Como não lembrar, né. Foi um ano conturbado e cheio de mudanças drásticas em nossa vida. Mudanças que nunca imaginávamos que estava acontecendo para nosso próprio bem. Lembra-se que naquela carta nós estávamos angustiadas, gritando internamente por socorro? Precisávamos desesperadamente de alguém que percebesse nosso sofrimento e amparasse-nos igual crianças? Que direcionasse-nos para o caminho certo, para o caminho da felicidade. Que arrancassem do nosso peito toda a nossa dor, tirasse-nos toda a escuridão que nos consumia e nos mostrasse a luz? Lembra-se? Lembra-se principalmente que não queríamos que ninguém fizesse tudo isso por nós além de nós mesmas? Lembra-se que pedíamos socorro para nós mesmas? Lembra-se?

Foram momentos difíceis enquanto achávamos que estava tudo bem, que estava tudo sob controle e que podíamos conviver com isso. Aos poucos roubaram nossa luz própria. Fomos apagadas de tempos em tempos sem se dar conta de que estávamos numa completa escuridão. Olhando para trás, vejo que deixamos uma mala pesada de sofrimento contido que não nos pertence e nunca mais nos pertencerá. Sabe porque? Porque ouvimos uma á outra dentro de nós mesmas. Ninguém nem imaginava o quanto precisávamos de ajuda. Apenas nós mesmas. Naquela primeira carta que escrevi já estávamos acordadas e tomadas por um choque de realidade. Nos deparamos com a simples verdade de que tínhamos nos perdido e não sabíamos como encontrar o nosso "eu". Roubaram tudo de nós. 

Mas depois de termos acordado para a vida, tudo mudou da noite para o dia. Tudo aconteceu muito rápido e tivemos que lutar para acompanhar toda a agilidade de constantes mudanças. Foi a primeira vez na vida em que tivemos a verdadeira sensação de LIBERDADE! O ano passado foi o ano da nossa total liberdade. Aproveitamos ao máximo sem moderação. Mas nunca imaginávamos que exagerar na liberdade poderia nos trazer completa solidão. Na verdade estávamos perdidas, procurando pedaços de nós mesmas pelo caminho. Procurávamos até em pessoas sem alma, achando que poderíamos nos encontrar nelas. O que foi pior, pois essas pessoas nos levavam para a escuridão novamente. Não tínhamos maturidade para agir da maneira adequada. Custou aprendermos que a liberdade requer muito cuidado. Pois usada imprudentemente, ela pode deixar-nos perdidos tendendo á andar em círculos sem saber como sair dele. É muito louco ler uma carta escrita de 2 anos atrás sem nem imaginar que tudo isso iria acontecer e olhar para o agora e ver como mudamos e ainda estamos em processo de mudanças.

Hoje, no dia 02 de agosto de 2016, de uma terça feira, no dia mais especial do ano, volto á escrever para um futuro eu. Não sei ao certo o que escrever, porque a verdade é que não tenho muito á dizer. Não dessa vez. Agora só o que tenho á dizer é: CONSEGUIMOS! E me orgulho demais de nós mesmas. Só de olhar para trás e ver onde estamos agora me dá uma baita vontade de chorar, mas de felicidade. Sabemos que estamos no caminho certo. Sabemos que estamos próximas de nos tornarmos ainda mais realizadas. Sabemos que encontramos 98% das nossas partes perdidas. Sabemos que estamos renovadas. Sabemos o que realmente queremos. Sabemos que aprendemos o caminho certo e estamos focadas á segui-lo até onde der. E se esse caminho nos levar ao infinito, que assim seja. Deixo essa carta de uma Bruna 2016, diferente da Bruna de 2014, arquivada para uma Bruna ainda mais evoluída e madura daqui uns anos. Lembra-se que naquela carta nós dizíamos: "Espero que lendo essa carta, pense que o ano em que está é mil vezes melhor do que esse aqui". E respondendo á nossa antiga Bruna: "Sim, esse ano com certeza está sendo o melhor de todos os outros anos!" E ainda deixo uma frase daquela mesma carta em que cito algo que nossa mãe disse naquele dia: "Corra atrás de tudo o que você tem em planos, pois enquanto respirar, ainda há esperanças." Leve essa frase para o resto de nossas vidas. Se possível a tatue no corpo! E deixo um conselho para meu futuro: não pense tanto, você anda angustiada demais com alguns sentimentos desconhecidos e muito complexos. Não se torture tanto, viva, apenas viva e aproveite tudo de novo que Deus colocar no seu caminho. Ele está sempre com você. Você sabe disso! Entregue tudo nas mãos dele e ele lhe mostrará tudo com perfeita clareza. Apenas tenha PACIÊNCIA!

Feliz Aniversário para mim aqui que estou no auge dos 25! E seja qual for a idade em que está completando agora, aproveite-a. Elas não voltam nunca mais. Só ficarão as lembranças. Sei que aí de onde está, sente falta dos nossos vinte e poucos. Então, faça valer á pena cada segundo de sua vida.

Até á próxima! 

Pin It

Nenhum comentário:

Postar um comentário